I N S T A L L A T I O N S
  +  E X H I B I T I O N S




 

2020 > Audiosphere
Sound Experimentation 1980-2020

curated by
Francisco Lopez

@
Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía

14 October, 2020 - 11 January, 2021 / Sabatini Building, Floor 3

By way of a selection of hundreds of sound works, Audiosphere. Sound Experimentation 1980-2020 looks to cover an historical and cultural void in terms of the recognition, exhibition and analysis of a key part of the recent changes that have taken place in the artistic conception of sound creation.

Conceived from a social perspective, and with the aim of revealing and providing context to reflect upon and discuss the techno-cultural changes that have occurred since the 1980s, the exhibition will present the work of a broad number of experimental sound artists, hailing from all over the world, the majority unknown to the contemporary art spectator. 

The show will revolve around seven sections, each one addressing different social, technological, historical and cultural processes: genealogies, networks, mega accessibility, cyborgisation, aesthetogenesis, recombination and rights. Although such processes have been generated collectively and today are widespread, they have not been sufficiently identified, acknowledged or analysed artistically. 

Audiosphere thus seeks to constitute a non-conceptual, large-scale contemporary art exhibition with no images or objects, underpinned solely by sound works and an exhibition design that facilitates experiential, profound and prolonged listening.



 


download CATALOGUE

 




2018 >  (Collaboration on)
Anotações Sonoras: Espaço, Pausa, Repetição

@
Exhibitions Pavillion, Faculty of Fine Arts, University of Porto
March 24 to June 30 2018

Sound installation: LED lamps, metal structure, loudspeakers, sound and electric cables, computer, carpet, fragrance
more info  /  video










2017 > INPUT 6417 (collective)
@ SEEA (Sala de Exposições da Escola das Artes da UCP, Porto)

P
ieces: "Os Tempos e as Vontades", "Escravo da Condição"

A collective curated by Baltazar Torres. Other artists: Artistas: António Olaio, Margarida Correia, José Maçãs de Carvalho, Isabel Ribeiro, Pedro Sousa Vieiraa, Rita Magalhães, Manuel Santos Maia , Francisco Queirós, Carlos Vidal Tenes, Carlos Lobo, Arlindo Silva, Pedro Tudela, Dalila Gonçalves, Miguel Soares










Os Tempos e as Vontades (Times and Wills)







Escravo da Condição (Slave to the Condition)







 

2016 > "hic et nunc"
by Baltazar Torres & Vitor Joaquim
@ UCP University, Lisboa


Em Janeiro de 2016 eu e o meu grande amigo Baltazar Torres recebemos um convite da UCP para produzir uma obra em dueto. No espaço de um mês montámos a peça, a que viríamos a chamar "hic et nunc", com a grande cumplicidade da professora Laura Castro e a calorosa colaboração da Cristina Monteiro, Rita Ribeiro, Nuno Castro e Guilherme Ruivo. Os amigos e colegas  Andre Baltazar e Pedro Pestana também deram uma ajuda preciosa na programação. O nosso muito obrigado a todos.
3 anos depois, ainda sinto o cheiro das folhas (caídas) de camélia que levámos do Porto para Lisboa.

 
























more pictures on Facebook







20
16 >  "#53" EXHIBITION
@
MCO Arte Contemporânea, Porto [mcoartecontemporanea.com]



53 anos depois daquele ano, não é a conta que Deus fez, mas é uma conta a três.
Envolve um, dois e o somatório dos dois: três. Três acontecimentos, três coisas, três tempos. Um conhece-se muito bem, ou outro mal se sabe o que é, e o terceiro é como o vento, não se sabe se é, ou se foi. 53, um número que facilmente se lembra, ou talvez não, um número que faz doer a muita gente e a alguns muito em especial. Se fosse um dia, podia-se dizer que era o dia em que o mundo mudou, mas não foi um dia foi uma eternidade, e se calhar não mudou nada. Já era tudo assim, e continuou tudo assim. E de lá para cá, há apenas a acrescentar o número 53. Um número que nunca é o mesmo mas que representa sempre o mesmo, o tempo que passou de então para cá. E sendo tudo diferente, é também como se nada tivesse mudado e tudo fosse sempre igual.


"A Retórica dos Tempos" (2003/2016)
(programming: André Baltazar)
on
http://mcoartecontemporanea.com





Molecular Disturbance (2000)
on
http://mcoartecontemporanea.com




Slave to the Condition (2016)
on
http://mcoartecontemporanea.com

  


Os Tempos e as Vontades (2016)
(Android programming: Nuno Castro)
on
http://mcoartecontemporanea.com




Br€xit (2016)
on
http://mcoartecontemporanea.com




Sopra-me (Unplugged) (2000)
on
http://mcoartecontemporanea.com




 





20
15 > "As Marcas da Gravidade nos Ombros do Carteiro it#2"
sound sculpture, Semibreve Festival, Braga, Portugal

 

Images: Vitor Joaquim, Adriano Ferreira Borges


























 


20
15 > "As Marcas da Gravidade nos Ombros do Carteiro it.#1"
sound sculpture, XVIII Bienal de Cerveira, Vila Nova de Cerveira, Portugal

 




 










 


 


20
11 > "Tábua Rasa"
sound instalaltion, #1 Escola das Artes/UCP,  #2 Serralves em Festa 2011

concept: Vitor Joaquim; Inputs from: João Cordeiro, João Soberano, Luís Pessoa, Nuno Cruz, Tiago Ribeiro
.
 






















 

 


2011
> “39°25'N _ 06°30'O”
sound installation,
XIII Ciclo de Musica Contemporanea  >>>  Museo Vostell Malpartida, Cáceres, Spain [more]

 









 

 


200
8 > "A Interpretação das Machines (singer table)"  sound/video installation  
EME 08
/ Lisboa, Portugal
MAX programing: Guilherme Martins,
André Sier

















 

 


2006 > "WINDOWS AND PAIN"  (video inst)  
EME 06
/ Palmela, Portugal



 


2005 > “EASYGO”,
(sound installation), CAMP FESTIVAL /  Montemor-o-Novo, Portugal



 

 


2004 > "BOMB"
video installatiom, EME04 / Palmela, Portugal






 


 

 


2003
> "BOMB"
video installation, EME03 / Palmela, Portugal



 

 

 
 

 


2001 >  "L' OMBRE"
sound/light sculpture, with Delphine Cottin / / GALERIA VÉRTICE / Lisboa, Portugal






 

 


2000 > "Molecular Disturbance"
sound sculpture, NONSTOPOPENINGLISBOA, ZDB, Lisboa, Portugal













*
**
***
1997 > NOS TRILHOS DA MENSAGEM (original music )/ / CMP / Castelo de Palmela, Palmela, Portugal


*
**
***
1995 > NOVO MUNDO PRIVADO (original music) / / Eurico Coelho / (Cógito Gallery)



*
**
***
1994 > ECO PERENE (original music)/ / Andreas Stocklein / Igreja de Santiago, Castelo de Palmela, Palmela, Portugal